Hatsune Miku Cosplay (Pool Party) 


Hoje entrevistamos a Cosplayer mineira Jamille Campos ela nos contou um pouco sobre seu hobby e sobre sua vida de Cosplayer em Minas Gerais confira: 

1)Qual seu nome? Quantos anos você tem e  qual sua profissão?
Eu me chamo Jamille Campos, mas sou conhecida por Mille no meio Cosplay. Tenho 23 anos e sou estudante de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Juiz de Fora. 

2)Há quanto tempo você começou a fazer Cosplay?
Eu comecei a fazer cosplay no segundo semestre de 2014. Arredondando, faço Cosplay há quase 6 anos. 

Morgana Pendragon Cosplay

3)Onde você conheceu esse hobby? Algum amigo apresentou? Leu em revista? Conte-nos sobre.
Conheci no meu terceiro ano do ensino médio. Eu andava com uma amiga e um amigo que adoravam animes e sempre me perturbavam pra ver também. Um dia decidi dar uma chance e meu primeiro anime foi Death Note. Me lembro até hoje que antes de eu terminar de assistir, eu havia encomendado 3 Death Notes pelo ebay, de tanto que estava gostando da história. Desde então eu passei a assistir vários animes. Lembro da ordem dos meus 3 primeiros, somente. Foram Death Note, Another e Mirai Nikki. O mais engraçado é que esses amigos não faziam Cosplay e nem me apresentaram esse mundo, somente apresentaram os animes. 

4)O que mais chama atenção em você nesse universo Cosplay?
A variedade de personagens, a dedicação e empenho dos Cosplayers e Cosmakers para fazerem um trabalho o mais fiel e fidedigno possível. A quantidade de amigos que cativamos nesse meio, também é incrível. E minha parte preferida é sem dúvida alguma, poder representar um personagem querido, atuar. 

Misaki Mei Cosplay

5)Qual foi o seu primeiro Cosplay?
Meu primeiro Cosplay que na verdade foi um "Cospobre" como eu costumo dizer, ou cosplay de armário, foi o da Misa Amane de Death Note. Mas o primeiro Cosplay planejado e bem executado, foi o de Misaki Mei do Another. 

6)Quais outros Cosplays você já fez?
Hm.. deixa eu pensar haha.. além dos que já citei, fiz também a Gasai Yuno, 4 versões da Hatsune Miku (chapeuzinho vermelho, biquíni, natalina e tradiconal), Morgana Pendragon, Zafina, D.Va, Nanami Momozono, MeMeMe, Ram (emprestado) e estou com dois cosplays prontos e nunca usados que são a Zero Two e Sakurajima Mai. 

Gasai Yuno Cosplay

7)Além de Cosplay, você também curte fazer estilo próprio? Que tipo de estilo é esse?
Não possuo um estilo exclusivo. Me visto de várias formas, de acordo com o meu humor e a ocasião. Tenho roupas de diversos estilos que entre si, possuem zero semelhança. Mas se você quer dizer estilos japoneses, bem, já improvisei uma garota harajuku e tenho um vestilo de lolita que nunca usei. Já fui de Cosplay pra faculdade e já usei perucas e lentes para ir ao shopping. 

8)Você mesma faz seus Cosplays ou você manda fazer? 
Antigamente eu mandava fazer com uma costureira, não era uma Cosmaker. Aliás, excelente costureira. Mas de uns tempos para cá, tenho preferido comprar pronto de algum site chinês. É mais fácil e prático. Recomendo o Aliexpress, RoleCos e o Bhiner. 

Hatsune Miku Cosplay

9)Como é a cena Cosplayer em Minas Gerais? Em quais eventos você vai ? 
Aqui em Minas tem vários eventos, mas confesso que só vou nos da minha cidade (Juiz de Fora) ou de cidades vizinhas. Os eventos que mais frequento são o FAC - Festival Anima Clube, Geek Pop e Taikai. Já fui em um evento em Ubá também. O cenário Cosplay em Minas tem crescido, aos poucos, mas tem. Belo Horizonte conta com bons e conhecidos eventos também. Tenho vontade de ir algum dia. Mas por bem ou por mal, o miolo Cosplay ainda se concentra em São Paulo. Os maiores e melhores eventos são lá. 

10)O que acha dos eventos Geek atuais? E o que deveria mudar neles?
Ainda me considero novata nesse meio. Veteranos dizem que os eventos de antigamente eram muito melhores, mais "raiz" mesmo. Meu primeiro evento grande foi o Anime Friends, em 2015. Como não tenho conhecimento dos eventos antigos, não sou capaz de comparar com os atuais, então somente direi o que acho dos eventos que eu já fui. Cada vez mais o cenário cresce e é preciso se reinventar pra não cair na mesmice. O Cosplay vem se difundindo muito entre as pessoas e os eventos são dominados por eles, o que é ótimo. Se tem algo que eu acho muito importante nos eventos é o camarim. Infelizmente não podemos contar muito com isso. Poucos eventos possuem um camarim e quando ele existe, nem sempre é bom e normalmente não consegue atender ao número de Cosplayers. Mas no geral eu gosto dos eventos, do que ele nos proporciona. Acho que o que deveria mudar é justamente essa parte do camarim e também os alimentos poderiam ser mais acessíveis financeiramente falando. Tudo nos eventos costuma ser muito caro. O Cosplayer já gastou com o cosplay, com o ingresso e alguns até com transporte de uma cidade pra outra e hotel. Fica bem difícil fazer compras nos eventos. 


11)Quais os principais eventos que você frequenta? 
Infelizmente, por morar longe de São Paulo e dos grandes centros, eu só conheço o Anime Friends. Mas esse ano, irei pela primeira vez à Comic Con Experience. 

12) Quais os tipos de atividade nesses eventos que você mais gosta?
Conhecer pessoalmente amigas online. Pude conhecer várias pessoas que eu já havia feito amizade online. Inclusive minha melhor amiga é uma Cosplayer que eu conheci através do Facebook e encontrei pela primeira vez no AF 2015. Mas sobre as atrações em si, adoro os stands, as lojinhas. Em 2015 o stand do Bradesco foi bem legal. Teve um mini curso de desenho e ainda deram cadernos e canetas de brinde. Tinha um artista também que estava fazendo caricatura dos Cosplayers e eu achei isso fantástico. Ser parado por fãs que pedem pra tirar foto nossa não tem nada que pague. O AF foi onde ganhei meu primeiro concurso Cosplay em 5º lugar e isso foi incrível. 

13) Você trabalha como modelo/Cosplayer? como começou? Que dicas você daria para quem está querendo ser modelo nessa área?
Não possuo um trabalho remunerado como Cosplayer, infelizmente. Mas gostaria! Eu as vezes sou jurada de concursos Cosplay e dou palestras sobre, nos eventos da minha cidade. Mas se alguém quiser me contratar, estamos ai hahaah fiquem à vontade! Não sou a melhor pessoa do mundo pra dar dica de como trabalhar ganhando dinheiro com Cosplay, pois nem eu ganho. Mas minha dica é: persista, faça sempre seu melhor e procure não se comparar e não tentar ser melhor que os outros ou se basear no outro. Procure ser melhor do que você mesmo, sempre. Se baseie em você. Se você é ruim hoje, amanhã será mediano, depois bom e depois excelente. E quando achar que está perfeito, você vai encontrar mais algum detalhe pra melhorar. Tenha sempre a mente aberta e aceite opiniões construtivas e úteis, saiba ouvir. Aquilo que for falado somente pra magoar, basta ignorar. Muitas cosplayers vendem fotos e conteúdos exclusivos e ganham dinheiro com cosplay. Outras fazem vídeos de tutoriais e reviews pro Youtube. As possibilidades são enormes! Mas como muitos acham, nenhuma é fácil e nenhuma cai do céu. Dinheiro e sucesso são duas coisas que demoram pra chegar, mas com muita dedicação e um pouco de sorte, chegam. 

14)Para quem quiser conhecer mais do seu trabalho ou te contratar como podem te encontrar na internet?
Atualmente o único meio de divulgação dos meus cosplays é através do meu perfil no instagram @cosplaymille . Lá vocês podem conhecer meu trabalho, conversar comigo, tirar possíveis dúvidas e até mesmo pedir ajuda e dicas de Cosplay. Ajudarei com enorme prazer! Estou aberta a convites para trabalhos também. 

Fale conosco: redacao4cosplay@outlook.com / 4cosplay@bol.com.br