Costumes Are Not Consent, ou Cosplay Is Not Consent, é um slogan que se tornou amplamente difundido após discussões on-line sobre Cosplayers (principalmente do sexo feminino) sendo assediados sexualmente em convenções. Este slogan serve como um lembrete para os fãs de que os Cosplayers são humanos e devem ser tratados como tal. Ele também expressa o apoio para os fãs para os que são assediados, reconhecendo o comportamento como inadequado e dando voz aos Cosplayers para falar em oposição a ele.


Costumes Are Not Consent inicialmente apareceu em avisos colocados em algumas convenções em 2012. O evento New York Comic Con 2014 foi a primeira grande convenção a publicar a frase publicamente, juntamente com uma política anti-assédio claramente declarada, depois de 2013 testemunhou vários incidentes importantes, vinte casos relatados de assédio sexual no site Reed Pop publicados em 2014, No primeiro ano os casos subiram, houve 8 casos relatados e a taxa permaneceu estável em cerca de 12 casos relatados por ano, apesar do crescimento significativo da New York Comic Con. Os Cosplayers também relataram sentir-se mais seguros no evento depois da criação da campanha, além de sentirem também mais respeitados pelas organizações dos eventos.


Melhoras no NYCC
Cosplay Is Not Consent tornou-se um movimento dentro do circuito de convenções, com muitos organizadores colocando sinalizações e criando políticas de anti assédio, mesmo sem ter incidentes anteriores e tornando os eventos próximos como locais seguros para quem desejasse fazer o Cosplay que quisesse no evento. 

Para relatar situações em eventos ou comentários sobre a matéria você pode enviar seu texto para nosso email: redacao4cosplay@outlook.com será mantindo seu anonimato caso você deseje. 

No Brasil na mesma época foi criada a campanha "Vai para o evento? Respeite o Cosplayer"

Links:
Cosplay Is Not Consent Facebook page