Campanha Respeite o Cosplayer


Quando iniciamos esta campanha dois anos atrás não imaginávamos que teria a repercussão que teve no Brasil, ao todo os banners de divulgação tiveram mais de 200 mil visualizações e ficamos muito felizes com esse resultado.
A adesão de importantes sites como o MCM e Megahero, impulsionou ainda mais o trabalho e é claro que sem a ajuda dos Cosplays, Otakus e simpatizantes essa campanha não teria a grandiosidade que está tendo, esperamos que ela mude o comportamento dos freqüentadores com relação aos Cosplays.
Como já havíamos dito o Cosplay não é nenhum semideus, nem estamos falando que quem faz Cosplay seja melhor que alguém, mas o respeito que pedimos é baseado em situações constrangedoras que nos foram relatadas ao longo de 2012 e no começo de 2013, o pior de tudo isso é que não eram situações localizadas em algumas regiões do Brasil, mas fatos que se repetiam em diversos eventos no país todo.
Alguns problemas que nos foram relatados foram os de assédio em eventos que muitos chamam de “cantada” e de “cantada” isso não tem nada pois há um abismo muito grande entre a dita “cantada” e a vulgaridade.


Pessoa que vão ao evento e acham que o Cosplay é obrigado a tirar fotos com elas, independente da vontade dele, pense uma coisa, você não sai por ai pedindo para tirar fotos com desconhecidos na rua né?, agora por que mesmo não conhecendo o Cosplayer, você acha que ele tem obrigação de tirar foto com você? Apesar de você saber qual é o personagem que ele veste ele não é seu amigo e este é o primeiro contato que você tem com ele, portanto seja gentil.
Quebra de acessórios e equipamentos do Cosplayer, sabe aquele momento no evento em que chegam 5 ou 6 pessoas desconhecidas e te pedem sua espada pra tirar foto? Ai começam a fazer brincadeiras sem graça e “acidentalmente” quebram o artefato que você ficou 3 meses fazendo? É disso que estamos falando, às vezes é melhor seguir o bom senso e não emprestar, do que ficar super chateado o resto do evento com isso.


Um dos piores casos que tivemos noticia foi o de uma garota que uma pessoa random colocou dentro de uma mala enorme e não satisfeito ainda com tamanha coisa sem sentido ainda sentou em cima da mala que a havia colocado.
Esperamos que agora, depois de 2 meses de campanha que as pessoas tomem consciência e passem a respeitar mais o Cosplayer, podemos não ter mudado o mundo, mas se conseguirmos que de 200 mil, 1000 pessoal tomem consciência e mudem seus hábitos já teremos colhido nossos frutos e tornado o mundo Cosplay um lugar mais agradável e bonito. #Compartilhe com seus amigos essa matéria
Conte sua história ou nos relate algo que tenha ocorrido com você em eventos, a campanha continua em todo Brasil, entre em contato

Alex Shinobi