Respeite o Cosplayer

Depoimento #3

Direto da redação 4Cosplay

Começamos essa campanha de respeito ao Cosplayer em 2011 e até hoje essa campanha não encerrou e muitos se perguntam por que ela ainda existe, e respondemos com esse fato que ocorreu com a Sarah Trindade na região de Gravataí/RS que foi a um evento numa cidade próxima a sua, ela e sua amiga tentaram chegar ao evento, mas devido a chuva tiveram que ir embora, pois o evento era num local aberto., Então ela e a amiga vestidas com seus Cosplays resolveram ir passear num shopping para ir no cinema e aproveitar o resto do dia.

No meio do trajeto entre o evento e o Shopping, Sarah relatou que a maioria das pessoas que passavam de carro pela avenida mexiam com ela e sua amiga gritando que elas "estavam vestidas daquela forma por que queriam chamar a atenção na rua" entre outras baixarias e ainda foram obrigadas a ouvir outros desaforos e constrangimentos do tipo "Quanto é o programa com vocês usando essas fantasias?"

Gente isso é um absurdo, como pode ainda hoje acontecer esse tipo de situação?, como pode existir ainda gente tão imbecil ao ponto de fazer esse tipo de baixaria na rua? Se te incomoda o jeito que a pessoa está vestida você realmente precisa consultar um Psicologo, é muito fácil passar de carro e ficar gritando baixarias para duas moças na rua, agora pense se fossem suas filhas na rua, você gostaria que elas passassem por esse tipo de situação? Não existe mais o respeito? O estilo e cor da roupa do outro te dá a liberdade de tratar a pessoa com tamanha falta de respeito?  

Se isso já não fosse o cúmulo do absurdo da falta de respeito durante a sessão de cinema as duas amigas ainda receberam uma chuva de pipocas nas cadeiras onde estavam e a platéia ainda ficou rindo das duas amigas., Após saírem da sessão de cinema dois rapazes ainda seguiram as duas pelos corredores falando um monte de baixarias, tudo isso por que elas estavam vestidas com seus Cosplays ainda vocês me perguntam se ainda existem preconceito contra Cosplayers no Brasil e eu respondo que sim.

Para finalizar essa horrível experiência que as duas amigas passaram ainda foram vitimas de comentários depreciativos sobre seus Cosplays e mostradas aos filhos dessas mães como exemplo negativo de conduta e elas tiveram que ligar para namorado de uma delas vir buscar de carro no Shopping com medo de andar na rua e sofrer mais ainda alguma coisa depois desse triste dia na vida delas.

Quando a sociedade vai aprender a respeitar as diferenças? quando os Cosplayers poderão andar na rua do jeito que gostam de andar, não há nada de mais em vestir seu Cosplay e sair pela rua para ir a um evento ou para o Shopping, o problema são as pessoas que parecem não entender que cada um anda do jeito que quiser por ai, de preto, colorido ou da forma que quiser, esse caso mostra claramente que mesmo com tantos eventos por ai como a CCXP, AnimeFriends e etc, ainda temos casos de preconceito e perseguição a Cosplayers apenas por que alguns imbecis acham que a roupa deles não segue o padrão para andar por ai imposto pela sociedade, vergonhosa atitude dessa autoritária e preconceituosa diante de nossas duas amigas Cosplayers.


Continuem firmes no Cosplay e não deixem esse tipo de situação abalar a vontade de vocês de serem quem vocês quiserem ser, Respeito ao Cosplayer acima de tudo.

Uma das ideias da Campanha "Cosplayer é gente igual a você" é derrubar essas barreiras que ainda existem na sociedade e mostrar que todo mundo pode vestir um Cosplay, começamos a campanha de respeito ao Cosplayer em 2011 e vamos continuar com ela mostrando para todos que temos que respeitar o direito do outro de vestir seu Cosplay e se você já passou por algum caso desrepeito por estar vestido (a) com seu Cosplay envie seu depoimento para nossa página ou para nosso email: redacao4cosplay@outlook.com que publicaremos sua reclamação

Você pode também enviar seu depoimento usando o formulário abaixo: