http://gamehall.uol.com.br/

Se preparando para o primeiro Cosplay 


Por Black Fang

Mesmo sendo um hobby já bem conhecido aqui no Brasil, todo ano temos os marinheiros de primeira viagem que não tem contato com ninguém pra ajudar, então aqui nesse post pretendo dar uma geral do que você vai precisar pra evitar dores de cabeça!


1. Escolhendo o personagem 
Muita gente diz que pra fazer cosplay você precisa amar de paixão o personagem e saber tudo sobre ele. Bem...sinto informar que isso é mentira. Cosplay não tem essas regras e você pode fazer do que quiser! Muitos escolhem o personagem simplesmente por achar o design dele legal e isso é super válido. Minha única recomendação pessoal é que escolhendo dessa forma, que leia um pouco sobre ele até para ajudar em poses para fotos e afins c:


2. Planejamento 
Independente se você for confeccionar o cosplay ou usar de serviços de cosmaker, o planejamento é essencial para que nada fique faltando. Um jeito prático é dividir o seu projeto por partes como: importação, roupas, armadura e por ai vai.

Como a quantidade de possibilidades para cosplay é infinita não existe uma fórmula pronta, mas organize-se do jeito que for mais simples de se achar durante o processo.
Um exemplo prático seria uma Erza. Você pode separar em:
a) Importação - Perucas e lentes
b) Roupas - Parte em tecido
c) Armadura e Armas
d) Maquiagem
Não se esqueça que tudo tem um prazo de confecção ou de chegada, então nada de correira de última hora, hein?
Agora vamos aos serviços onde efetivamente você vai começar a receber ou fazer seu cosplay:


1. Importação 
Alguns artigos para o Cosplay não podem ser feitos a mão e geralmente são importados (sim, perucas até podem ser confeccionadas com kits específicos, mas raramente alguém faz) e por isso existem alguns jeitos de conseguir:
- Compra Direta: Por esse caminho você pode ir atrás dos produtos como quiser e não terá a taxa de serviço das lojinhas de importação, mas se você estiver começando nas compras do exterior existem maiores chances do seu produto vir de um fornecedor de menor confiança e talvez até sofrer um calote se não for feita uma pesquisa prévia.
- Lojinhas de importação: Existem muitas pessoas que trabalham com importação de produtos, o que é de grande ajuda principalmente para aqueles que não possuem cartão internacional, só que aqui os produtos geralmente são um pouco mais caros já que existe a taxa de serviço da pessoa por importar o produto pra você, mas pelo lado positivo elas já tem um maior conhecimento de fornecedores e há uma menor chance de sofrer calote ou outros perrengues. Geralmente as lojas são páginas de Facebook e algumas recomendações são Yahime Shop, Nya Nya Shop e Nyanko Shop.
- Grupos de Venda: Aqui você pode encontrar tantos produtos novos como usados a pronta entrega, o que é bem útil principalmente quando você precisa de algo com urgência, além de poder pedir mais fotos de referência do produto ao invés de ficar apenas com a imagem de um anúncio. Mas cuidado com os caloteiros! Sempre procure saber sobre o feedback do vendedor assim como em sites de vendas comuns. 


2. Confecção 
Aqui tem dois caminhos que podemos tomar: ou você procura por um Cosmaker ou faz o Cosplay por si só.

- Cosmaker: São aqueles que trabalham com a confecção dos Cosplays onde você solicita um orçamento e mediante ao pagamento, recebe o que foi pedido. Existem vários tipos como os que trabalham com tecido, props (armaduras/acessórios), estilização de wigs, calçados, furry entre outros, então é muito importante que você vá atrás daquele que tenha um resultado mais próximo do que você deseja ou que o seu bolso permite, mas vale lembrar que não e deve comparar o preço de um Cosmaker com algo importado já que no exterior eles costumam produzir em série o que diminui muito o preço de confecção enquanto os Cosmakers fazem uma peça artesanal e sob medida.
Como existem inúmeras pessoas que prestam esse serviço e como consequência também temos muitos caloteiros no meio, existem vários grupos de venda onde você pode pedir ou procurar feedbacks dos trabalhos, além de serviços anteriores que a pessoa fez. Também não esqueça de checar os termos de serviço!

ATENÇÃO!
Não esqueça de sempre checar lista de espera e prazos dos Cosmakers para não acabar perdendo a data para a qual você havia se programado e sempre tenha um plano B caso o Cosmaker que você queria não esteja disponível. E caso ele diga que não pode não adianta forçar a barra, viu? Todo mundo fica feliz com mais dinheiro no bolso, mas as vezes realmente não dá, principalmente em épocas de eventos grandes.

- Confecção/Tutoriais: Aos que possuem alguma aptidão a trabalhos manuais talvez a confecção por si só de pelo menos alguma parte do Cosplay seja mais em conta, então não hesite em procurar os tutoriais na internet. Existem muitos Cosplayers, tanto brasileiros quanto internacionais que disponibilizam andamento ou o passo a passo de certas peças que mesmo que não sejam exatamente o que você precisa, podem dar uma base e direcionamento para você.


DIVIRTA-SE!
Pode parecer algo trabalhoso, mas o Cosplay realmente não é um hobby tão fácil como parece onde todo mundo chega no evento com tudo pronto. Planeje-se e seu esforço com certeza vai ser recompensados com nenhuma dor de cabeça. Mas no final das contas o mais importante de tudo é a diversão c: